CPPN - Centro Paulista de Parto Natural

5 dúvidas sobre Parto Natural

07 dez

5 dúvidas sobre Parto Natural

Chegando a hora do beber nascer, é normal surgir algumas dúvidas sobre Parto Natural na cabeça da futura mamãe. O Centro Paulista de Parto Natural separou as 5 principais dúvidas sobre o Parto Natural e o Dr. Antonio Júlio Sales Barbosa, obstetra e ginecologista, as respondeu para vocês. Confira!

Uma das minhas dúvidas sobre parto natural é se posso ficar na posição que eu quiser durante trabalho de parto. É possível?

Dr. Antônio Júlio: Um dos principais benefícios do parto natural é o protagonismo da mamãe. Isso é: ela pode e deve escolher a posição quer se sentir melhor, que a ajude a ficar mais tranquila e sentir menos dor.

Vou precisar fazer episiotomia se eu optar por Parto Natural?

Dr Antonio Júlio: A episiotomia é um corte feito no períneo para ampliar o canal de parto e facilitar a passagem do bebê. Seu uso de rotina está em desuso, pois sabe-se que, na grande maioria das vezes, não há vantagens na sua realização. De maneira nenhuma ela é uma prerrogativa do Parto Natural. Ela é um procedimento médico que deve ser utilizado somente (e friso muito essa palavra) com a avaliação criteriosa do médico assistente. Há respaldo para sua utilização em poucas situações, como quando houver risco grave de lacerações vaginais ou o bebê estiver em uma posição difícil para sua saída ou for muito grande.

Tenho pressão alta. Posso ter Parto Normal?

Dr. Antônio Júlio: Muitas vezes, em quadros de pré eclâmpsia ou eclampsia, o nascimento do bebê precisa ser antecipado, e talvez não seja possível o Parto Natural. No entanto, para a maioria das mamães com quadros de hipertensão leve ou moderada sob controle, ainda é possível a realização do Parto Natural.

Meu bebê está com o cordão umbilical enrolado no pescoço. Posso optar pelo Parto Natural?

Dr. Antônio Júlio: A maioria das circulares de cordão não influenciam no bom andamento do Parto Natural. Em casos mais raros, se o cordão for curto ou estiver muito ajusto no pescoço, a descida do bebê pode ser dificultada e ele pode ter comprometimento de circulação sanguínea e batimentos cardíacos – facilmente identificados pela Cardiotocografia (exame realizado durante o trabalho de parto). Nesses casos, a possibilidade de um Parto Natural pode ser comprometida.

E se meu bebê passar da hora enquanto eu estiver esperando por um Parto Natural?

Dr. Antônio Júlio: Para que isso não ocorra, é essencial um bom acompanhamento de pré-natal. No final da gravidez, não perca as consultas regulares com seu médico e realize todos os exames que ele solicitar. Com o acompanhamento correto, seu Parto Natural com certeza será bem sucedido.

Pretende dar a luz por Parto Natural? Acompanhe as redes sociais do Centro Paulista de Parto Natural! Lá você encontra informações sobre o estilo de parto e a gravidez em geral, além de poder ficar em contato com outras mamães, como você!

Escreva uma resposta ou comentário

Enviar Whatsapp
Fale Rapidamente Pelo Whatsapp!
Olá, gostaria de agendar uma consulta no Centro Paulista de Parto Natural?